PODER LEGISLATIVO DE EQUADOR

domingo, 3 de abril de 2016

JOSÉ MARCELINO DE OLIVEIRA, PRIMEIRO PREFEITO CONSTITUCIONAL DE EQUADOR RN


JOSE MARCELINO DE OLIVEIRA
No dia  23 de novembro de 1910, na cidade de Alagoa Grande, Paraíba, nascia uma criança pobre, da qual jamais se imaginaria que ela seria o homem que faria história e mexeria com as emoções de uma pequena comunidade no interior do Estado do Rio Grande do Norte chamada Equador. Não se imaginava que aquele homem, José Marcelino de Oliveira, pacato, sério e tão resumido a si mesmo seria um dos homens mais amado, mais comentado, mais visado da cidade. Chegando até o fanatismo de certas pessoas. José Marcelino é hoje, um grande mito para o povo e para a história de Equador
Se estivesse vivo José Marcelino de Oliveira estaria completando 100 anos de vida, desses, 40 foram dedicados ao trabalho e ao progresso de Equador. No dia 7 de setembro de 1993, há exatamente 17 anos, Equador perdeu o seu maior líder político, José Marcelino de Oliveira. Ele foi um homem que se destacou pelo seu trabalho e uma vontade inabalável de vencer, um homem de uma mentalidade evoluída, que apesar de pouco estudo, vislumbrou para seus filhos um futuro promissor, através da educação. José Marcelino morreu aos 83 anos de idade. José Marcelino chegou ao município de Equador no ano de 1934, fixando residência no Sítio Quintos, onde conheceu a jovem Marina Bezerra da Trindade (in memorian), com quem casou e desta união surgiram os filhos Epifânio Marcelino (in memórorian) e Emília Bezerra de Oliveira. Como homem público seu Zé Marcelino ou Padrinho Zé, como era chamado por muitos na cidade, foi querido e respeitado, sendo o primeiro prefeito eleito pelo povo para exercer seu mandato, no período de 1964 a 1969 e, ainda foi eleito para um segundo mandato nos anos de 1973 a 1977, exercendo dois mandatos de prefeito neste município. Como empresário também teve o seu lugar de destaque. Desenvolveu atividades agrícolas e explorou o extrativismo mineral, chegando a criar a empresa mineração José Marcelino que, durante décadas, gerou empregos e, ainda exportou minérios para o Sul do País. Foi entrevistado pela revista Time Internacional, como o homem mais bem sucedido no ramo da mineração no Brasil. Através das ações de trabalho de José Marcelino de Oliveira no período de 1942 a 1982, o município caminhou rumo ao desenvolvimento com a chegada da luz elétrica, Correios e Telégrafos, serviço telefônico, posto fiscal, escolas públicas, hospital, abastecimento de água, casas populares, estação repetidora de televisão e, dentre suas ações a que ele considerou mais importante, foi a emancipação da cidade no dia 17 de março de 1963. Esta é a história que Equador tem arquivada na memória de quem viveu a era José Marcelino de Oliveira, durante seus 40 anos de trabalho pelo progresso da cidade. José Marcelino é considerado intérprete dos grandes anseios de justiça e paz dos oprimidos, exemplo de dignidade, coerência e etica
.  A história de José Marcelino foi marcada por sua atuação no universo social e político de nossa cidade e do nosso Estado.
FALECEU EM 07/09/1993

FONTE – EQUADOR EM DIA
PREFEITO INTERINO
1 – JOSÉ DA COSTA CIRNE FILHO – 17-03/1963
PREFEITOS CONSTITUCIONAIS


1 – JOSÉ MARCELINO DE OLIVEIRA – 31/01/1965
2 – JOÃO INÁCIO – 31/01/1969
3 – JOSÉ MARCELINO DE OLIVEIRA – 31/01/1973
4 – FRANCISCO SABINO DE OLIVEIRA – 31/01/1977

5 – FRANCISCO GRANJEIRO DINIZ – 31/01/1983
OBS.: NATURAL DE EQUADOR, NASCIDO EM  5 DE MARÇO DE 1941, ERA VICE DE FRANCISCO SABINO
6 – FRANCISCO SABINO DE OLIVEIRA – 01/01/1989
OBS.: FALECEU EM 01 DE ABRIL DE 2016
7 – FRANCISCO FERNANDES DE OLIVEIRA – 01/01/1997
VICE – ZENON SABINO DE OLIVEIRA
8 – FRANCISCO FERNANDES DE OLIVEIRA – 01/01/2001 – REELEITO

9 – ZENON SABINO DE OLIVEIRA – 01/01/2005
VICE – SEBASTIÃO CARLOS DERICK, NATURAL DE PARELHAS, NASCIDO EM 2 DE JULHO DE 1975
OBS.: FILHO DE FRANCISCO SABINO DE OLIVEIRA

10 – VANILDO FERNANDES BEZERRA – 01/01/2009 – TERCEIRO MANDATO
ATUAL
VICE – FABIO AURELIO BULCÃO, NATURAL DE PARELHAS, NASCIDO EM 29 DE OUTUBRO DE 1953.

11 – NOEIDE  CLEMENS FERREIRA DE OLIVEIRA
NATURAL DE PARELHAS-RN, NASCIDA EM 16 DE MAIO DE 1968, CASADA COM O EX-PREFEITO ZENON SABINO DE OLIVEIRA. ELA FOI ELEITA EM 05 DE OUTUBRO DE 2012, TOMOU POSSE EM 01 DE JANEIRO DE 2013, COM MANDATO ATÉ 31 DE DEZEMBRO DE 2016.
VICE PREFEITO

JADI GOMES DE ARAÚJO, NATURAL DE PARELHAS-RN, NASCIDA EM 19 DE FEVEREIRO DE 1974

EQUADOR RN

 O município de Equador/RN nasceu em consequência de uma promessa feita pelo senhor Simão Gomes da Silva, em 1856, quando uma epidemia de cólera estava dizimando os habitantes da região.Temendo uma catástrofe, ele fez um voto a São Sebastião para que, se ele o livrasse e seus familiares da doença, doaria um terreno, edificaria uma capela e colocaria uma imagem do referido santo. A terrível peste não foi contraída por Simão e nem por seus familiares e ele cumpriu a promessa. Doou 220 metros quadrados de terra, construiu a capela e colocou a imagem de São Sebastião. Então, começaram a surgir construções de residências nas imediações da capela, nascendo assim, em 1856, o povoado de São Sebastião, sendo este seu primeiro nome.
      A primeira missa foi celebrada no mesmo ano em que foi fundado o povoado. A primeira feira livre foi registrada em 1870, debaixo de uma baraúna. Simão Gomes faleceu em 1886. Em outubro de 31 outubro de  1938, o povoado de Equador passou a ser distrito de Parelhas e em 1º de janeiro de 1939, passou a vila, tendo como sub-prefeito o senhor Jacob Alves de Azevedo. Em 11 de maio de 1962, Equador passou a cidade, através da lei nº 2.799 de 11 de maio de 1962. Equador foi instalado como município no dia 17 de março de 1963.

      A primeira pessoa que escreveu sobre a história de Equador foi a geografa Maria Zélia Batista Guedes, filha do ex-vereador José Batista de Oliveira, seu Dede Batista, poeta e vereador por vários mandatos na câmara foi propositor de varios prjetos que beneficiaram o municipio e hoje a casa legislativa leva seu nome

BANDEIRA MUNICIPAL DE ESQUADOR

LEI MUNICIPAL Nº  233/81
REGULAMENTA A CRIAÇÃO DA BANDEIRA E BRASÃO D’ARMAS DO MUNICÍPIO DE EQUADOR, E DÁ OUTRAS OUTRAS
O Prefeito Municipal de Equador, Estado do Rio Grande do Norte, no uso de suas atribuições legais, promulga a seguinte Lei, Aprovada pela CÂMARA MUNICIPAL.
Art. 1º - Fica o Poder Executico autorizado à criação da Bandeira representataiva do Município de Equador com a seguinte regulamentação: a forma da Bandeira será retangulada com 150 X 100 (Um metro e cinquenta de largura por um metro de altura)(medidas oficiais), nas cores indicadas pelo historico em que descreve miniciosamente as carateristicas simbolicas da Bandeira e do Brasão.
Art. 2º  - O desenho original da Bandeira e do Estadp será arquivado na Prefeitura e dele se tirará cópias.
Art. 3º - A Bandeira Municipal será hasteada mas Datas Comemorataivas, tanto Nacionais, Estaduais e Municipais ao lado esquerdo do Pavilhão Nacional.
Art. 4º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
       Prefeitura Municipal de Equador, 19 de junho de 1981
FRANCISCO SABINO DE OLIVEIRA - ´PREFEITO

LUZIA AURÉLIA BULCÃO - SECRETARIA

Quem sou eu

Minha foto
Sou o subtenente PM/RN JOSÉ MARIA DAS CHAGAS, natural de Mossoró-RN, pai de quatro filhos e que tem como base principal de vida:AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS" e AMAR AO PRÓXIMO COMO AMO A MIM MESMO"; ÃLÉM DE SER HUMILDADE E ATÉ A PRESENTE DATA NUNCA ECONOMIZEI UM GOTA DE HONESTIDADE. TENHO A MANIA DE ESCREVER, ESCREVER, ESCREVER, DE LER, LER, LER; DE PESQUISAR. COM CINCO BLOGS NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES, CUJA META FINAL É DE CHEGAR AOS 7 BLOGS E 400 LINKS. SOU 95 POR CENTO TORCEDOR DO BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ E 5 POR CENTO FLUMINENSE.

PORTAL OESTE NEWS

PORTAL OESTE NEWS
JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR